1 ano de Ambiente Virtual

25 11 2008

Hoje Ontem o cyber completaou um ano de funcionamento.

Se não fosse a chuva que não quer dar trégua, diria que anteontem foi aquele sábado ensolarado que abri as portas do cyber. O ano passou voando, mas não por isso foi pouco intenso.

A inauguração não poderia ter acontecido numa ocasião mais incerta: duas semanas antes do início das férias escolares, com uma mínima divulgação, num fim de mês e com muito mais imprevistos que o previsto. Como se já não bastasse a expectativa de como o público iria aceitar o Linux.

baloes-O que?

-Linux.

-Linox?

-Sim, Lí-núx.

-Quié isso?

-É o sistema que faz o computador funcionar.

-Ahn! …é do Windows?

-Não… ele substitui o Windows.

-O XP?

-Esse aí.

-Humm…

Já deu pra sentir o drama? Adivinha quantas vezes rolou esse diálogo durante o ano?

Se nesse início já deu pra provar que sem os amigos somos nada, confirmei também que sem a família somos menos ainda. Pra quem é marinheiro de primeira viagem no mundo dos negócios, saiba que todas aquelas coisas óbvias descritas nos livretos do SEBRAE devem ser levadas muito a sério.

Fazendo uma rápida retrospectiva, vou citar alguns fatos marcantes (e engraçados) que me vem à cabeça.

24/11/2007, 8:30h: É um sábado de sol, mas não aluguei um caminhão. Abro a loja. Dá pra sentir o cheirinho de cola e serragem dos móveis novos.

24/11/2007, 9:15h: Inicio a inauguração da loja com duas pessoas presentes. Uma fisicamente (eu) e o Marcelão via Skype lá em Flemsburg.

carlao-com-chimarrao-metal24/11/2007, 9:21h: O Carlão chega no Libertymóvel e traz um chimarrão pra brindar o momento histórico.

24/11/2007, 10:30h: Entra o primeiro cliente. É a Elizângela, minha vizinha de loja. Veio imprimir uma foto. Deu uma treta na impressora e levei quase dez minutos pra fazer funcionar.

24/11/2007, resto da manhã: Alguns clientes em potencial entram na loja e acham que os móveis são muito bonitos. E só.

24/11/2007, sessão da tarde: Finalmente! O primeiro cliente de verdade! Me atrapalho um pouco pra explicar o sistema de segurança (o que apaga todos os dados ao finalizar os acesso), mas no fim tudo dá certo.

25/11/2007, manhã e tarde: Mais alguns clientes aparecem. O movimento é fraco. Também, domingão de sol em Floripa… Percebo que nas estações a conexão não está lá essas coisas. No servidor, aparentemente tudo ok. Será que tem algum problema com a rede wireless?

moveis-cyber25/11/2007, noite: O movimento é bom. A galera começa a chegar da praia e vêm dar uma conferida na nova loja do bairro. A conexão começa a cair em alguns computadores mas retorna logo em seguida. Todo mundo acha os móveis lindos. Eu sei, eu sei ;-)

26/11/2007, segunda-feira 6:15h: Levanto da cama. Agora sim é pra valer. É hoje que eu vou ver se eu investi bem o meu rico dinheirinho. Durante o dia a conexão wireless cai a cada 10 minutos em 4 das 5 máquinas. Uma das máquinas funciona normalmente o dia inteiro. Não tenho a mínima idéia do que está acontecendo. Testei a rede em casa, quase que ininterruptamente durante 2 semanas sem nenhum problema e aqui nessa salinha de nada começa a dar todo tipo de pau.

27/11/2007, terça-feira: Decidi fazer uma rede cabeada. Uso o servidor para rotear e um switch Encore dos mais vagabundos pra distribuir a rede. Por via das dúvidas trouxe mais dois switchs de reserva. Ás 2 da tarde sou um feliz proprietário de um cyber que possui acesso à internet… uhuh!!

Resto da primeira semana: Jonh Hall vem a Floripa e a empresa que o trás me convida pra apoiar a divulgação. Ha! Te mete com o cara!!!

Segunda semana: Uma das máquinas faz um barulho estranho e em seguida estoura a fonte. Preciso comprar uns estabilizadores.

Algum domingo a tarde qualquer: Um bebum entra no cyber, diz que é da polícia civil. Não sei se dou risada ou faço ele sentar nas bromélias do canteirinho ali da frente.

Primeiro mês: Entro em contato com a Coca-Cola e peço uma geladeirinha. O Debian muda o GNOME do Lenny para a versão 2.20 e me dá motivos suficientes pra tentar aprender a fazer decentemente os scripts de configuração.

Segundo mês: Já deu pra tirar uma febre das dificuldades dos clientes com o Linux. Conclusão: as dúvidas relativas aos sistema são poucas e simples. Como desmontar um pen-drive, onde estão os arquivos baixados, uma ou outra particularidade do aMSN e do eMeSeNe, algumas diferenças entre o Word e o Writer do OpenOffice… Algumas dúvidas ainda persistem, como: “Os numerozinhos não estão funcionando (tecla Num Lock desligada)” ou “orqut, o yutube e o gloogle não querem entrar” . Acreditem, isso acontece com MUITA freqüência.

Março/2008: Problemas com o MSN Messenger. A versão BETA do eMeSeNe tem atualizações diárias e não conecta durante alguns dias. O aMSN também fica estranho. O dia que um funciona o outro dá problema.

Abril/2008: O GNOME 2.22 zoa com os meus novos scripts. Os clientes clamam por serviços de fax e xerox. Alugar uma máquina dessas é muuuito mais fácil do que eu pensava.

Maio/2008: Problemas com a prefeitura. Um fiscal me informou que eu preciso ter um alvará sanitário.

-Mas eu só tenho computadores aqui.

-O senhor deve entrar em contado com o órgão competente e regularizar a sua situação.

Engraçado… a loja de roupas aqui do lado não precisa disso.

Julho/2008: A NET começa a me avacalhar com o VíRTUA. Primeiro um problema que dava toda a pinta de ser DNS. Depois começaram as constantes quedas e várias manhãs sem conexão. Quando voltava, funcionava mal e porcamente. Mal sabia eu que era o início de três meses de stress.

nois-no-cyberAgosto/2008: A Coca-Cola Vonpar demonstra toda a sua – baixa – eficiência e depois de 8 meses me trás a geladeira… errada! Uma semana depois eles me trazem uma geladeirinha com adesivos do Suco Mais (que é uma delícia). O vendedor sutilmente me informa que pelo fato de ser um refrigerador para sucos eu deveria comprar mais… sucos! Movimentei minha sombrancelha direita e pensei em mandar ele sentar nas bromélias do canteirinho, mas como cara era muito grande apenas falei que se eu não pudesse escolher os produtos ele poderia levar o frigobar embora de moto.

Setembro/2008: Tomo vergonha na cara e registro um domínio: ambientevirtual.net. Tá certo que ainda não fiz uma página decente, mas eu não quero falar sobre isso.

Outubro/2008: Sai o BrOffice 3. Agora chega de incomodação por causa dos malditos .DOCX. por outro lado, a compatibilidade com os .DOC diminuiu.

Novembro/2008: Começo a testar o nada menos que excelente (eu pago pau mesmo, e daí?) OpenLanhouse, que apesar de ainda estar na versão 0.1 é muito bem estruturado e tem muito mais recursos que o Zeiberbude.

Tá, o tal do Linux? É possível ter um cyber 100% Linux?

Sim.

É necessário um bom nível de conhecimento?

Sim.

Mas é preciso muito mais que isso: Conquistar o cliente. Simpatia, atenção, solicitude… 99% dos clientes nunca haviam tido contato com o Linux. É mais simples, é mais fácil mas é diferente. E esta é a pedra no sapato. Se um ícone for movido já é motivo de reclamação. O cliente quer comodidade, mas mais do que isso, o cliente quer ser MUITO bem atendido. Meu cyber não tem os preços mais atraentes e para alguns clientes nem é o mais perto, mas apesar de eu não ter o Word ou o Live Messenger, tenho uma clientela fiel, pois aqui tudo funciona muito bem, obrigado.

Esse foi o resumão do ano. Se eleito for, atualizarei este blog com uma alta freqüência, quiçá diária… déjà vu? Sério, qualquer hora dessas, volto contando mais casos e alguns causos.


Ações

Information

41 responses

26 11 2008
1 ano do cyber 100% Linux de Floripa

[…] de lá pra cá. Pergunta que não quer calar: É possível ter um cyber com 100% Linux? Confira aqui a divertida retrospectiva destes 12 meses e tire suas próprias […]

26 11 2008
Felipe

E os jogos?

26 11 2008
Alessandro Nakamuta

Hmm… eu ia fazer a mesma pergunta que o Felipe…

26 11 2008
Henrique Melo

Pois eh a pergunta que não quer calar é:
E os jogos? [2]

26 11 2008
Rodrigo Shiryu

É um Cyber café e não uma Lan House!

26 11 2008
Rodrigo Shiryu

Felipe : É um Cyber café e não uma Lan House!

E para bens pelo Cyber cara! mto interessante!

26 11 2008
Leandro

Seguindo a pergunta do Felipe e os jogos ?

Outra coisa, tu poderias fazer um resumo/post/artigo dos programas que tu tens instalado nos PCs, O que tu achas ?

No mais parabéns mas parabéns mesmo pela iniciativa, coragem e pelo pionerismo cara !.

Um abraço,
Leandro.

26 11 2008
Leandro

Putz que mancada a minha…
É um cyber e não uma LAN, mas confessa que o pessoal procura por jogos ai né !?

26 11 2008
Alexandre Anacleto

Olá.
Gostei da retro, mas principalmente da conclusão: SIM, LIBERDADE e QUALIDADE!
Bacana, desejo-lhe cada dia mais sorte (que nesse caso é fator menor, o trabalho e esforço já dão um forte tom da direção…) e quem sabe algumas filiais.

26 11 2008
Thiago Paes

Muito da hora hein, parabéns!

Qualquer dia dou uma passada por aí então pra conhecer hehehe

Um abraço

26 11 2008
ufa

Cara,
Tem muito jogo legal de linux. Coloca aí o openarena, urban terror, wormux, glest, e teeworlds. Isso fez o FLISOL em Brasília bombar como nunca!

26 11 2008
Ambiente Virtual Internet

Tem uma gurizada que procura por jogos, mas o meu público é outro. Atualmente trabalho umas 13 horas por dia e não ia agüentar a baderna e a gritaria que rola nas Lans.
Maiores detalhes aqui: https://ambientevirtual.wordpress.com/cyber-com-linux
Ainda tá incompleto, mas vale a pena dar uma lida.

26 11 2008
eljunior

Paulada, cara! Parabéns pelo trabalho!

Emocionou aqui. :)

26 11 2008
Rodrigo Leão

Muito bom rapaz!
É osso manter um cyber em um país subdesenvolvido em que todo mundo associa computador à Windows.

Seu trabalho é fantástico, sua determinação e competência mais ainda.
Parabéns e continue mostrando suas experiências. Você é um exemplo de pioneirimo, não tenha dúvida.

26 11 2008
Wyliam Vassoler

Uau, nossa emocionou aqui mesmo! Um cyber com Linux que deu certo? Nossa muito legal! Parabéns, parabéns mesmo.

26 11 2008
Ambiente via Rec6

Cyber com Linux: 1 ano. E a epopéia continua… « AmbienteVirtual.Net…

As aventuras de um jovem empreendedor com um plano de negócios suicida: Tocar um cyber (sem café) 100% Linux numa região de grande concorrência e repleta de provedores com preço competitivo.
Não perca as aventuras desse pestinha do barulho!…

26 11 2008
Iury Bustamante

dahora :D eu tenho uma lanhouse no interior de são paulo, só que aqui a clientela clama por jogos, esse é meu maior problema para passar todas maquinas pra linux, já pensei na possibilidade e tals
Andei fazendo uns testes com alguns jogos que rodam de boas no linux, sipá, até meio do ano que vem tá tudo livre por aqui tbm :D

26 11 2008
Carlos Henrique Marques da Cunha Filho

Muito legal mesmo, se eu não morasse em uma cidadezinha tão pequenina eu até me arriscaria em uma “franquia” hahahhahha
Parabéns

26 11 2008
Wyliam Vassoler

Bah, será que dá pra fazer um Cybercafé com Fedora? Apesar de não ter idade nem grana no momento, queria muito montar um Cyber com Fedora!

26 11 2008
Ambiente Virtual Internet

Olá, Wyliam.
Escolhi o Debian porque é a distribuição a qual tenho mais afinidade. É perfeitamente possível montar a estrutura com o Fedora, mas tenho um receio com relação a estabilidade. Considere testar o Centos 5.3 quando ficar estável.

26 11 2008
Mauro Xavier

Parabéns, amigo! Eu sei exatamente o que passou neste 1 ano.

Costumo dizer que é tudo um questão de persistência.

A Lan House Criativa continua viva e forte até hoje com 16 PCs em uma pequena cidade de 45 mil habitantes desde outubro de 2003, totalmente movida a Linux. Usei desde o Kurumin 2 até o 7, Slackware, Mandriva, Debian e agora Ubuntu 8.10 (com o beta do LanOS 7). Personalizações? Foi desde o fluxbox, icewm, KDE e agora o Gnome + OpenBox.

Enfim, usando Linux dá para ser Cyber Café, dá para ser Lan House, dá para usar jogos, dá para usar softwares comerciais, e principalmente, é possível ser 100% Livre. Opções é que não faltam.

De uma forma ou de outra, fico muito satisfeito em ver que a realidade atual nos proporciona uma facilidade e dinamismo incrível no uso do Linux em Lans e Cyber Cafés em relação a 5 anos atrás.

Abraços a todos.

27 11 2008
Demolidor

Parabéns pelo ótimo trabalho.
Adorei saber que tem um Cyber Café 100% Livre.
É mais uma força que me dão para meter a cara e me espelhar na Ambiente Virtual.
Sempre tive essa vontade, só faltava coragem e claro, saber se isso era possível.
Agora sei que é e tem como.
Espero que um dia volte aqui agradecendo as dicas que li e a inspiração que me deram pra continuar com essa vontade de ter um Cyber só de Linux também…

Parabéns (novamente) e sucesso.

27 11 2008
Olívio Farias

Parabéns pelo ótimo trabalho.
Adorei saber que tem um Cyber Café 100% Livre.
É mais uma força que me dão para meter a cara e me espelhar na Ambiente Virtual.
Sempre tive essa vontade, só faltava coragem e claro, saber se isso era possível.
Agora sei que é e tem como.
Espero que um dia volte aqui agradecendo as dicas que li e a inspiração que me deram pra continuar com essa vontade de ter um Cyber só de Linux também…

Parabéns (novamente) e sucesso.

27 11 2008
Leandro Barreto

Cyber com Linux rodando é possivel , mas como foi muito bem citado é preciso ter um BOM nivel de conhecimento. Linux é para profissionais, diferentemente do W….. cujo qualquer um que configura um ip se acha administrador de rede

28 11 2008
Os Posts mais Visitados de Hoje no Wordpress.com « Téo Costa - Webdesigner Freela

[…] 1 ano de Ambiente Virtual Hoje Ontem o cyber completaou um ano de funcionamento. Se não fosse a chuva que não quer dar trégua, diria que […] […]

30 11 2008
William

Rapaz, parabéns pela iniciativa e principalmente por compartilhar as agruras de um negócio que para muitos (inclusive eu) acharia inviável.

Muito sucesso com seu negócio.

1 12 2008
elvisricardo

Massa cara… acho super bacana isso, deveria ter cyber cafés assim em todos os lugares do brasil ! boa iniciativa… recebi uma proposta de negocio… hoje para abrir uma lan-house mas… como nao aguento baderna e gritaria de criança… melhor opção é um cyber… se rolar… coloco linux vejo que é completamente viavel =) abraço Parabéns pelo trabalho !

1 12 2008
Ram

Congratulations..

Felicitaciones por el Cyber!

1 12 2008
terli

felicitaciones. Es un gran logro el tuyo. Un fuerte abrazo.

1 12 2008
Guilherme Gustavo

Meu caro, você foi a inspiração, vou montar um cyber em BH totalmente livre e vou te falando o que ada acontecendo. Muito obrigado pela inspiração.

2 12 2008
Ambiente Virtual: El primer ciber cafe migrado 100% a GNU/Linux cumple un año. | nestux 2.0

[…] dueño de este cyber cafe tiene un blog en el cual narra las experiencias que ha tenido con los usuarios, dentro de sus comentarios suele […]

4 12 2008
tfelipe

Bom, voce há 1 ano. Um amigo me trouxe um FreeBSD em 1996 e desde então dispenso os M$. Bem, está todo mundo perguntando sobre os jogos. Tem uma versão do linux: KURUMIN GAMES feita para ambiente de jogos especialmente. Deitem os dedos nela e divirtam-se.

4 12 2008
El alcalde de una pequeña ciudad dentro una provincia China manda que todos los Cibercafés usen Linux « Arukard’s Weblog

[…] el blog del cyber su dueño hace una recopilación de las anéctodas más memorables, revelando que a pesar de las […]

5 12 2008
CWagner

Parabéns pela empresa.

Eu ajudava a manter um cyber dos meus primos, e acredite, também rodava Linux nas estações. E por mais que alguns reclamassem, a maioria dos clientes simplesmente adoravam o Kubuntu instalado e até ameaçavam não retornar caso mudássemos para MS Windows (TM).

Usávamos o Mercury para MSN o que nos dava mais recursos que outros messengers. A impressão era centralizada num servidor e os arquivos eram colocados em um “servidor” Windows que também atendia uma lojinha de materiais diversos (armarinho).

Infelizmente a loja teve que ser fechada por causa de problemas pessoais, mas a manutenção era até divertida. Às vezes eu passava um sábado inteiro atualizando as máquinas, pois nunca tive muito tempo para automatizar boa parte das tarefas, mas a pessoa responsável pelas máquinas sempre se mostrou muito interessado e empolgado para aprender e divulgar o SL.

Vamos ver o que o futuro nos reserva. Sei que dá muito trabalho, muitas idéias ficarão na gaveta por um bom tempo, mas acho que no final das contas, o saldo foi positivo.

Parabéns pelo empreendimento.

Saúde e Paz. Você merece.

19 12 2008
Marcos

Parabéns pela persistencia e pelo Cyber 100% livre, abrir um negocio não é facil e existem inúmeras pedras no caminho.

22 01 2009
aluado

Parabéns pelo cyber!
Poxa, eu tenho 13 anos e uso Uuntu por livre e espontânea vontade…
Bom, aquela pergunta e os jogos:
Counter Strike por exemplo -Roda melhor pelo Wine (uma espécie de emulador de Windows que temos no Linux) que no próprio Windows as vezes…

23 01 2009
assisolivera

Parabéns pelo pionerismo.
Toda sorte do mundo pra vc por que competência e conhecimento pareces que já tem

Abraços

13 03 2009
Jorge

Olá

Sua idéia de um Cyber com o Linux é maravilhosa, mas porque não escrever mais sobre tudo o que acontece?. Eu gostaria de saber mais sobre as reclamações de clientes, problemas técnicos com os computadores, etc.

Aqui no meu país eu não conheço nenhum Cyber com Linux, mas seria muito bom ter um.

Desculpe minha ortografia mas o Português não é minha língua.

Parabéns meu amigo.

14 03 2009
aluado

Qual é o seu país Jorge?:

14 03 2009
Jorge

Olá

Aluado, eu moro no México, na Cidade do México (Distrito Federal) especificamente.

Saudações.

15 04 2010
Luciano

Parabéns pela iniciativa. Estou a caminho de abrir um cyber café, já estava pensando em utilizar Linux. Lendo seus relatos fico convicto que está é a melhor solução para mim também. Forte abraço e sucesso em seu empreendimento.

Luciano

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: